17 de dezembro de 2011

Ciclo Vicioso (Afro-Disíaca)



Uma poesia feita na insônia da madrugada. Não reparem na métrica!

Me perco no escuro de sua pele
e na escuridão de seu quarto
Quero de vez em ti me perder
pra ver se pelo tato eu te acho
Ao te desejar voo tão alto,
muito alto
mesmo sabendo que sempre no chão me esborracho
Mas se tiver que cair,
que seja em teu colo
para que eu me perca
e que comece de novo esse troço!

Rio, 17 de dezembro de 2011.

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Um Blog de Nada by Flavio Braga Mota is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.
Based on a work at umblogdenada.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://umblogdenada.blogspot.com.