1 de janeiro de 2012

Contos (Quase) Eróticos



-         Ai, amor...
-         Fala...
-         Me fala alguma coisa suja, vai!
-         Coisa suja?
-         É, coisa suja, seu safado!
-         Ah, é, coisa suja?
-         É!
-         Quer coisa suja, é?
-         Sim! Fala aqui no meu ouvido!
-         Vou falar, hein!
-         Fala!
-         Vem aqui, então, chega mais perto!
-         Ai, que loucura, fala!
-         Cabelo de mendigo!

---//---

-         Hummmm, que isso, hein!
-         Gostou?
-         Gostei!
-         Gostou de mim fantasiada de empregadinha?
-         Nossa! Meu sonho!
-         É?
-         É... Ta me dando uma coisa aqui, uma secura...
-         Hummmmmm...
-         Você quer fazer alguma coisa por mim, empregadinha?
-         Faço! Faço tudo que você quiser, patrão!
-         É?
-         É! Vai, pede!
-         Qualquer coisa?
-         Uhummmm...
-         Vou pedir, hein!
-         Fala, gostoso!
-         Me traz um copo d’água?

---//---

-         Amor...
-         Fala...
-         Quero te pedir uma coisa...
-         Fala, gostosa! Me pede que eu faço!
-         Não sei, to meio sem graça em te pedir...
-         Fala que eu faço, com todo prazer!
-         É uma fantasia que tenho que começou quando nos casamos...
-         É?
-         É...
-         Então fala, meu bem, fala que eu faço, vai!
-         Faz?
-         Faço. Qualquer coisa!
-         Então vê se abaixa a tampa do vaso, mané!

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Um Blog de Nada by Flavio Braga Mota is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.
Based on a work at umblogdenada.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://umblogdenada.blogspot.com.